Vereadores de oposição se reúnem e traçam as próximas metas

Reunião entre os sete vereadores da oposição em Timon serviu para reafirmar a união entre eles e também traçar as próximas metas para este final de ano e já algumas para 2018. Estas foram as principais pautas debatidas entre eles durante um almoço nesta segunda-feira (09), com a presença de 100% da bancada.
Na imagem acima mostra os vereadores Henrique Jr, Ramon Jr, Socorro Waquim, Antunes Macedo, Francisco Torres, Anderson Pêgo e Adão da Ceasa.
Os factoide plantados sobre supostas divisões na bancada de oposição caiu por terra nesse almoço, e agora estão mais do que nunca com os passos acertados.
Outra pauta debatida que foi apenas repetida para ser reafirmada, é a que todas as decisões serão tomada em conjunto entre os sete parlamentares oposicionista respeitando sempre o consenso e a opinião da maioria entre eles.

Timon City passa a aceitar cartão de crédito e vai parcelar valor da passagem

A empresa de ônibus ‘Timon City’ resolveu inovar no seu atendimento. A partir da próxima quinta-feira (12), os passageiros poderão pagar suas passagens por meio de cartões de crédito ou débito. A novidade foi divulgada pelo proprietário da empresa, Ramon Alves. Os ônibus da Timon City irão aceitar todas as bandeiras nacionais de cartões.

As condições de pagamento no crédito e débito também vale para os estudantes. Eles poderão comprar os vales estudantis nos postos de vendas Timon City, no Terminal Rodoviário de Timon e em outros pontos da cidade.

O estudante Breno Cavalcante, comenta que a aceitação dos cartões no transporte público é um avanço para a cidade. “É bem mais prático poder pagar com um cartão de crédito ou débito. Até evita que o passageiro ande com dinheiro em espécie, um perigo a menos de ser assaltado”, disse.

Segundo Ramon, os motoristas e cobradores estão sendo treinados para trabalhar com a maquineta de cartões. “A mudança começa a partir do dia 12, mas por ser feriado, garantimos o funcionamento em todos os ônibus no dia 13. Os funcionários estão em treinamento para melhor atender nossos passageiros”, afirma.

De acordo com o empresário, o transporte público é um comércio como qualquer outro, e os clientes merecem boas opções de atendimento. “Ao invés de pagar antes, o cliente pode pagar depois. E ainda poderá parcelar se quiser. Além das bandeiras nacionais, estamos nos organizando para trabalharmos também com o Credshop. ”, disse Ramon.

A passagem na Timon City custa R$ 3,00 e R$ 1,37 para estudante.

Sete presos fogem da central de Flagrantes de Timon

Buraco feito pelos presos foragidos, fechado após as fuga

sete presos fugiram na madrugada deste domingo da Central de Flagrantes de Timon, no Maranhão. Eles teriam cavado um buraco em uma parede para conseguir a fuga e até o momento somente um foi recapturado.

Os sete fugitivos já foram identificados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública: Ismael da Silva Miranda (recapturado), Francisco Helio de Sousa, João Victor Fernandes de Matos, Wesley Pereira da Silva, Valdson Sousa Filho, Frank Mailson do Rego Cardoso e Wellington de Sousa Pereira.

Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública falou sobre o motivo dos foragidos estarem presos na Central de Flagrantes de Timon. Uma portaria judicial estaria impedindo que presos autuados em flagrantes sejam deslocados para o sistema prisional.

– A SSP esclarece que em razão de uma Portaria Judicial da 3ª Vara Criminal (Execuções Penais) da cidade, há impedimento para o recebimento dos presos autuados em flagrante pela Polícia Civil no sistema prisional, até a realização das audiências de custódia pelo Poder Judiciário. A Central de Flagrantes do município de Timon, portanto, recebe os presos autuados em flagrante para apresenta-los posteriormente em audiência de custódia da justiça – diz a nota.

Justiça determina a reforma de 11 escolas municipais no Maranhão

O C.E. Jacira de Oliveira faz parte de uma das três escolas reformadas pela Sinfra. Foto: Divulgação

em atendimento a pedido do Ministério Público do Maranhão (MP-MA), a Justiça determinou ao Município de São Vicente Férrer, a 275 km de São Luís, que fossem reformadas 11 escolas da rede municipal de ensino.

Devido às precárias instalações das escolas, a promotora de justiça Alessandra Darub Alves, titular da Promotoria de São Vicente Férrer, ajuizou 11 Ações Civis Públicas de obrigação de fazer, com o objetivo de obrigar o Município a reformar as unidades escolares.

Com a decisão, a Prefeitura de São Vicente Férrer terá 60 dias para iniciar as obras, que deverão ser concluídas no prazo de 180 dias, contados a partir do início dos trabalhos.

Em caso de descumprimento da decisão, o Município terá que pagar multa de R$ 1 mil por dia de atraso.

As escolas que devem ser reformadas são: Unidade Escolar Eusébio Atanásio (Povoado São Francisco dos Arouchas); Ciriaco Gaspar (Povoado Poleiro); Castro Alves (Povoado Guará); São Joaquim (Povoado São Joaquim); Pascoal (Povoado Pascoal); Cantanhede (Povoado Cantanhede); João Marques Figueiredo e Santa Rosa II (Povoado Santa Rosa); São João Evangelista (Povoado Piçarra); Félix da Rocha (Povoado São Marcos); São Marquinhos (Povoado São Marquinhos); Raimundo Gomes da Costa, na sede do município.

Na sentença, o juiz Bruno Barbosa Pinheiro deixou consignado que a prefeita Conceição de Maria Pereira Castro deverá se encarregar do cumprimento da obrigação, “sob pena de incorrer em ato atentatório à dignidade humana, hipótese em que arcará pessoalmente com multa de 10 salários mínimos”.

Juiz toma posse na Turma Recursal Cível e Criminal de Caxias

juiz Paulo Teles de Menezes

O juiz de direito Paulo Teles de Menezes, titular da 1ª Vara da Comarca de Coelho Neto, assinou nesta terça-feira (3), o termo de posse e exercício no cargo de membro titular da Turma Recursal Cível e Criminal de Caxias.

O ato solene ocorreu diante da corregedora geral da Justiça, desembargadora Anildes Cruz, presidente do Conselho de Supervisão dos Juizados Especiais do Maranhão e da juíza auxiliar da Corregedoria e coordenadora dos Juizados Especiais, Marcia Chaves. leu o Termo de Posse, a chefe da Divisão de Expedição de Atos e Registros, Aureana Lima.

A corregedora Anildes Cruz frisou que o perfil técnico e capacidade do magistrado certamente farão diferença nos julgamentos da Turma Recursal de Caxias. “As demandas que têm origem nos juizados especiais exigem um esforço maior dos membros das turmas recursais para a solução dos conflitos suscitados”, resaltou a corregedora.

A juíza coordenadora dos Juizados Especiais, Marcia Chaves, pontuou as qualidades do magistrado empossado. “É um juiz comprometido com a função e destacada prestação jurisdicional na unidade que atua”, destacou.

A Turma Recursal de Caxias compreende as comarcas de Caxias, Aldeias Altas, Coelho Neto, Codó, Coroatá, Matões, Parnarama, Peritoró, São Francisco do Maranhão, Timbiras e Timon.

Delegado indicia vice-prefeito Maciel Sindô por agredir jornalista Ademar Sousa

Já tramita no Tribunal de Justiça o inquérito policial que investiga o crime de lesão corporal praticado contra o jornalista Ademar Sousa pelo ex-prefeito Flávio Campos Soares, o ‘Flávio de Teté’ e pelo atual vice-prefeito, Maciel Marques de Moura Paiva, conhecido “Maciel Sindô”, ambos do Município de Alto Longá.

Após ouvir dezesseis pessoas e a realização de perícias, o delegado Cadena Júnior indiciou Flávio de Teté e Maciel Sindô acusados da pratica do crime tipificado no art.129, do Código Penal. A pena prevista é a de detenção, de três meses a um ano.

Os autos do inquérito foram enviados ao Tribunal de Justiça em razão do foro privilegiado por prerrogativa de função concedido ao vice-prefeito pela Constituição Estadual.

O inquérito tramita na 1ª Câmara Especializada Criminal e tem como relator o desembargador Pedro de Alcântara Macedo. Os autos foram encaminhados a Procuradoria Geral de Justiça para manifestação.

Entenda o caso

 

O jornalista Ademar do Nascimento Sousa, conhecido ‘Ademarzinho’, foi agredido durante a inauguração de uma obra de calçamento no povoado Invejada dos Cardosos, município de Alto Longá, no dia 08 de julho deste ano. O ex-prefeito da cidade, Fábio Teté, foi acusado de iniciar as agressões e incentivar que outras pessoas também agredissem o jornalista, o que de fato aconteceu, já que o vice-prefeito Maciel Sindô também desferiu um soco no rosto de Ademarzinho.

Campo do Cruzeiro totalmente modernizado será entregue a população neste sábado, 07

A Prefeitura entregará aos moradores de Timon o novo Campo do Cruzeiro. Localizado no Parque Piauí, o campo recebeu uma ampla reforma e uma estrutura moderna para a prática de esporte, lazer e uso coletivo. A inauguração será neste sábado, 7/10, a partir das 16h, e será marcada por uma partida simbólica.

A modernização do Campo do Cruzeiro foi realizada através de um convênio entre a Prefeitura de Timon, Caixa Econômica Federal e Ministério dos Esportes. O investimento foi de R$ 556.006,37.

Em uma área de 5.424,42 metros quadrados, o espaço esportivo recebeu uma reforma geral do gramado, implantação de sistema de irrigação e iluminação. O campo também conta com dois vestiários para os desportistas e dois banheiros públicos, além da implantação arquibancada, mureta e alambrado de proteção.

A população também terá à disposição uma pista de atletismo em piso de pedra britada. Uma calçada cimentada em torno do complexo esportivo também foi construída para atender a comunidade, inclusive para práticas de caminhada.

Crise? Que Crise? Câmara Municipal de Timon gastou mais de R$ 1 milhão em 8 Meses

Os 75 cargos comissionados e as gratificações pagas a alguns servidores efetivos que ocupam funções gratificadas na Câmara Municipal de Timon consomem 21 por cento do orçamento financeiro daquele poder. O restante do orçamento, ou seja, 79 por cento é para pagar os salários dos servidores efetivos, despesas mensais com água, energia e outros serviços e até prestadores de serviços na área de comunicação, internet e material de expediente.

Para se ter ideia do montante dispêndio com os cargos comissionados, todos de indicação política, de janeiro a setembro deste ano, somente com o pagamento dos comissionados e mais gratificações de um valor pago de despesas de total de 5 milhões 324 mil, um milhão e 166 foi somente para o pagamento dos comissionados, enquanto que com a folha dos efetivos a Câmara paga menos de 10 por cento desse valor, ou seja, de janeiro para cá a folha dos 32 barnabés efetivos consumiu 554 mil reais.

Mas as distorções, no que diz respeito ao uso racional e justo para a concessão de gratificações, não param por aí.

Enquanto a maioria do chefes de gabinetes ganham gratificações de 2 mil 243 reis, outros chefes de gabinetes, tem salários de 3 mil e um deles, somente um, ganha 3 mil 326 reais. Isso porque o presidente da casa tem a flexibilidade – bel prazer – de distribuir gratificações que podem chegar ao teto de 100 por cento do valor inicial, ou seja, quem tem gratificação de 4 mil 185 reais pode chegar ao teto de 8 mil reais, basta que para isso o presidente faça uma portaria.

Mas as distorções não são somente entre efetivos e comissionados. Entre os cargos comissionados também existem as maiores distorções. Por exemplo, um Assistente Técnico Legislativo com código CC-01 – D, tem renumeração básica de 1 mil 963 reais, mas um deles nomeado pela atual gestão está recebendo 3 mil 303 reais para ocupar o mesmo cargo que os demais, novamente funciona aí a portaria do presidente que eleva o salário criando uma casta de privilegiados.

Outra distorção registrada é no pagamento de servidores com cursos superior. Um advogado efetivo na Câmara recebe mensalmente 924 reais brutos, enquanto que outro advogado contratado em cargo comissionado por indicação política recebe quase quatro vezes mais.

Todos os dados apontados nessa reportagem estão disponíveis na site www.timon.gov.leg.br no ícone portal da transparência e qualquer cidadão pode acessar.

Fórum de Timon recebe exposição de internos da Unidade Prisional

O 1º andar do Fórum da Comarca de Timon recebeu, no período de 26 a 28 de setembro, uma exposição de trabalhos manuais realizados por internos da Unidade Prisional, promovida pelo Centro de Ressocialização “Jorge Vieira”, de Timon.

A exposição teve como objetivo divulgar os trabalhos manuais confeccionadas pelos internos, buscando incentivar a profissionalização dos indivíduos em processo de ressocialização, informou o diretor do centro, Ederson Costa.

Dentre o material selecionado, foram expostas vassouras de material reciclado, pelúcias, fardamentos, panos de prato e tapetes, todos confeccionados em oficinas pelos internos.

Na abertura da exposição, os internos demonstraram seus trabalhos aos frequentadores do fórum de Timon. Alguns magistrados visitaram a mostra, oportunidade em que puderam ouvir dos internos explicações sobre como as peças foram confeccionadas.

A exposição contou com a presença dos juízes Elismar Marques, Simeão Pereira, Susi Almeida e da juíza auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça, Rosângela Prazeres.

Artigo do Alexandre Almeida: A última oligarquia do Maranhão em festa?

É inacreditável, mas é verdade, em pleno século XXI, quando as últimas oligarquias deixaram de existir, em Timon, uma oligarquia regional comemora 25 anos de poder. É isso mesmo, o chefe da oligarquia chegou ao poder em 1992, com a proposta de dar fim ao grupo que dominava 40 anos a política em Timon, e, assim, melhorar a vida do timonense. De lá para cá nunca ficaram fora do poder, seja na Prefeitura, na Assembleia Legislativa ou na Câmara Federal. De fato, hoje, são políticos profissionais, pois financeiramente, para viver, dependem de algum cargo público. O maior exemplo é do atual prefeito, o filho do chefe da oligarquia. Ele, embora tenha estudado nos melhores colégios particulares de Teresina, e não tendo lhe faltado nada, nunca conseguiu concluir um curso superior, como também nunca exerceu alguma atividade profissional. (consequentemente não tem uma profissão).

 

Diferentemente dos milhares de jovens timonenses, que sofrem com a falta de emprego, ele teve a sorte do seu primeiro salário ter sido pago pela Câmara Federal, pois seu primeiro emprego foi, nada mais nada menos,  que um mandato de deputado federal. Isso mesmo, aos 21 anos, o filho do chefe da oligarquia, sem nunca ter sido nada, foi premiado com um cargo de deputado federal. O pior, tudo bancado pelas finanças de Timon. A consequência desse absurdo foi o CHEFE da oligarquia ser condenado por diversos tribunais e hoje ser um CIDADÃO INELEGÍVEL, ou seja, um político sem direitos políticos.

 

O tempo passou, e quando muitos do grupo do chefe da oligarquia pensavam que poderiam ter a oportunidade de ocupar algum cargo de expressão em nome do “grupo”, o chefe deu um pito nos iludidos e empurrou goela a baixo seu sobrinho para deputado estadual, conseguindo assim, expandir ainda mais o domínio da OLIGARQUIA, e já prepará-lo para os próximos capítulos.

 

Enquanto os planos políticos da última oligarquia maranhense têm  sido um sucesso, a vida do cidadão timonense tem sido um terror, sobretudo, com a falta de segurança pública. Embora tendo elegido o governador, senador, deputado federal e estadual, a oligarquia,  até o presente momento, não conseguiu mudar a triste realidade vivida pelas famílias timonenses.

 

(Alexandre Almeida é advogado e deputado estadual reeleito)